7 de abr de 2012

Quebra de confiança - Harlan Coben


Título nacional: Quebra de Confiança
Título original: Deal Breaker
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
ISBN: 978-85-8041-003-7
Ano de lançamento: 1995
Lançamento no Brasil: 2011
Páginas: 271
Classificação:


No primeiro caso de Myron Bolitar, Harlan Coben nos faz mergulhar na indústria do sexo e nos negócios escusos por trás da contratação de grandes atletas.

Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade.

Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston.

Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito.

Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa a quem doer.

Eu sou uma fã inveterada dos livros do Harlan Coben, ele consegue tecer uma rede de intrigas que me deixa de boca aberta no fim do livro.
Confesso que por esse ser o primeiro livro do personagem Myron Bolitar subestimei, subestimei feio e caí do cavalo, o livro superou minhas expectativas.

A palavra para descrever esse livro é: intenso!

Nessa história Myron está no início de sua carreira como empresário esportivo, e tem como principal cliente o mais novo astro do futebol americano, Christian Steele.
Há mais de um ano Christian tenta entender o sumiço da noiva Kathy Culver, e Myron não consegue dizer não quando o jovem assustado após receber o exemplar de uma revista pornográfica, com uma foto de Kathy em um anúncio, lhe pede ajuda para encontra-la e colocar um ponto final nessa história.

Myron conta com a ajuda de Win e Esperanza para driblar a rede de prostituição, indústria do sexo, segredos familiares, traição, intrigas e mentiras que é tecida ao longo da trama.

Junto à eles está Jéssica Culver, irmã mais velha de Kathy e ex-namorada de Myron, que se vê duplamente na obrigação de desvendar os fatos, já que Jéssica também pede sua ajuda, pois acredita que o desaparecimento da irmã e a morte do pai dias antes estejam relacionados.

Nessa busca frenética pela verdade, ninguém é o que aparenta ser, quando o segredo é revelado o nome do livro passa a fazer sentido para o leitor.

A narrativa tem diálogos fortes, cenas fortes. Todos personagens citados são essenciais para o desfeche com chave de ouro da trama.

Uma coisa que eu admiro no Harlan Coben é ele não subestimar a inteligência do leitor, os finais além de não serem previsíveis nunca são óbvios, nunca tem aquela coisa de “poxa, o tempo todo estava na minha frente o desfecho do caso e eu não vi!”, e eu admiro um autor que saiba deixar seu público impressionado e satisfeito, e não fazê-los de bobo com uma trama mais ou menos, e é exatamente isso que acontece aqui, plena satisfação com o final da história.

Kathy Culver está viva?
O que aconteceu para que ela desaparecesse?
A morte do pai tem alguma ligação com tudo isso?
Myron ficará com Jéssica?

São perguntas que fazemos ao longo do livro, e que você só terá a resposta se mergulhar de cabeça nesse suspense policial maravilhoso.

E aí, quem leu ou deseja ler, o que achou?