23 de mar de 2012

Túnel do tempo #1


Do tempo que eu comecei a ler pra cá muita coisa mudou.
Hoje, se vamos ler um livro podemos consultar na internet opiniões sobre ele e aí sim decidir se queremos ler ou não – coisa que infelizmente no meu tempo não tinha.
Eu não sei ao certo que público de leitores procura um blog para se informar, mas lendo diversos blogs eu vi que toda leitura é voltada mais para o público adulto, e se ainda é permitido usar essa palavra, o público infanto-juvenil fica um pouco de lado e vejo que as opções de leitura pra essa faixa etária não são tãaaaao divulgadas.

Eu sempre gostei de ler, desde que aprendi, mas foi nessa fase infanto-juvenil que peguei gosto mesmo pela coisa, que comia um livro atrás do outro, livros que eram voltados para minha idade, e eu não encontro resenhas voltadas para essa idade (10, 11, 14 anos) nos blogs, aí me surgiu a brilhante ideia de fazer uma coluna semanal onde eu possa falar sobre esses livros que além de terem marcado a minha vida, eu recomendo de olhos fechados.

Como são livros que foram publicados há algum tempo, chamarei a coluna de Túnel do tempo.

Espero que gostem.

Título
: O mistério da fábrica de livros
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Hamburg
ISBN: 978-85-16063-49-8
Ano de lançamento: 1988
Páginas: 88

Uma história que mostra o processo fascinante da produção de um livro junto com a emoção do primeiro amor de uma menina... Laurinha encontrara e agora via desfazer-se o seu primeiro amor. Um namoro inocente que havia sido registrado pela imagem de um coração entalhado a canivete no tronco de um eucalipto. Mas até o seu eucalipto tinha sido derrubado... Uma história vibrante e delicada, que entrelaça dois enredos: a história do amor de uma adolescente e a história da produção de um livro, o único veículo capaz de eternizar todas histórias de amor.

A princípio pode parecer que O mistério da fábrica de livros é um livro bobinho, mas não é.

Ele retrata a história de Laurinha, que vai a uma fábrica de livros acompanhar todo processo de produção de um livro, descobrir o passo a passo de como eles são feitos, desde a história saindo da cabeça do autor, a fabricação do papel, até a impressão total.
Mas paralelo a isso, nos conta uma envolvente, graciosa e pura história de amor, de uma garotinha apaixonada , que com grande imaginação quer eternizar seu amor em um livro e dá-lo de presente ao namorado.

É um livro voltado para o público infantil, no máximo até 14 anos, não é pretencioso de maneira nenhuma, é uma leitura rápida, divertida, com imagens fofas.
Para o público adulto pode não ser tão interessante, aliás, pode sim, pois não é todo mundo que conhece o processo de fabricação de um livro, mas o público alvo é mais jovem, retratando assuntos como o primeiro amor.

É uma leitura que vale a pena. Não tem malícia, fala de um amor infantil puro, intocado, e acredito que seja isso que faz a diferença.


Nos livros estamos todos nós, está a humanidade, estão os registros de tudo aquilo que somos, que amamos, que esperamos, que queremos transmitir ao futuro.”
- Pedro Bandeira -

Espero que tenham gostado.

Beijos